QuiosqueAnteriorSeguinte

Actualidade Quem Disse

"Não acredito que a inteligência artificial substitua os Advogados."
Pedro Pais de Almeida

19-07-2018
in Jornal de Negócios

“Antes de haver a destrinça daqueles que têm direito à protecção internacional e aqueles que são imigrantes, há uma coisa que eles todos têm em comum: é que são pessoas, são seres humanos, têm uma dignidade a ser salvaguardada, independentemente do seu estatuto legal, independentemente de serem refugiados, ou migrantes regulares ou irregulares, independentemente disso há obrigações de respeito dos seus direitos humanos fundamentais, e é isso que o ACNUR e a OIM têm que garantir.”
António Vitorino

18-07-2018
RTP 3

“Há uma Justiça para ricos e uma Justiça para pobres, como há uma saúde para ricos e uma saúde para pobres, como há uma educação para ricos e uma educação para pobres […] O importante é acabar com os pobres. A luta deve ser essa. A pobreza é uma violação de direitos humanos e o grande objectivo é a erradicação da pobreza […] Se isto não é considerado um objectivo político, vamos continuar a dizer que há uma Justiça para ricos e uma Justiça para pobres.”
Álvaro Laborinho Lúcio

24-07-2018,
In Público

“Não podemos esquecer que todos os objectivos de desenvolvimento estão interligados: a água está ligada à eliminação da pobreza, ao empoderamento de mulheres e meninas, à saúde de oceanos – se não se trata do esgoto, ele vai para o mar; a água está ligada à biodiversidade. A água, tal como a educação, está ligada a tudo.”
Catarina de Albuquerque

05-08-2018
In Visão

“A Europa é um espaço de solidariedade, mas também de legalidade. Criminosos, terroristas e extremistas, que negam princípios básicos, como a igualdade entre homens e mulheres, não são bem-vindos. Aterroriza pensar que quem rejeita esta verdade essencial e defende a irresponsabilidade romântica das portas abertas a todos, porque todos são bonzinhos e por cá se fazem poucos filhos, possa algum dia ascender ao poder.”
Nuno Melo

09-08-2018
In Jornal de Notícias

“Além disso, os três grandes problemas que a humanidade enfrenta hoje são, na sua natureza, globais; por isso só podemos lidar com eles através da cooperação global. Os indivíduos não os podem resolver, e nem sequer nações inteiras os podem resolver. Só a humanidade, como um todo, o pode fazer. Os três problemas a que me refiro são a guerra nuclear, as mudanças climáticas e a desestruturação tecnológica.”
Yuval Noah Harari

24-08-2018
In Público

“Uma coisa é lutar pela igualdade, pela paridade, mas ser feminista é muito mais do que isso, é ter uma outra concepção da vida, da mudança, da pessoa como sujeito com direitos, da autonomia intelectual e não só económica. É podermos ter as nossas ideias e discuti-las, podermos ter vidas alternativas.”
Manuela Tavares

30-08-2018
In Público

“Nestes tempos de mudanças, condicionadas por factores de variada natureza - percursos funcionais de tempo muito longo, tipo de concursos de graduação, funções exigentíssimas e de grande desgaste pessoal -, o STJ tem sido confrontado com alterações muito dinâmicas na composição, que têm riscos na estabilidade e na coerência das jurisprudências.”
António Henriques Gaspar

04-09-2018
In dn.pt

“É crucial entender os fenómenos de corrupção não apenas como matéria de casos policiais e judiciais avulsos, mas como manifestações de criação de vantagens próprias ilícitas ao abrigo de uma ancestral cultura laxista e tolerante da corrupção.”
João Cravinho

05-09-2018
In Público

“Houve reformas da Justiça que entretanto foram feitas e continuadas por mais do que um Governo. Penso que, apesar de tudo, as coisas melhoraram. Em todo o caso, se olho para o Direito de uma perspectiva transnacional, aquela sob a qual a nossa escola olha, a justiça acaba sempre por ser em Portugal, mas também noutros países, um entrave.”
Gonçalo Matias

06-09-2018
In Jornal de Negócios

“Aliás, quem lê as normas do Código Civil antes de assinar o contrato (que é quase de adesão) de casamento? Quase ninguém, sendo grande a surpresa, no momento do divórcio… tantos deveres a cumprir… quem diria! Acresce parecer-nos difícil que um homem português case com uma mulher que lhe proponha a assinatura de um documento desta natureza. Atitude pouco feminina, a de a noiva propor ao futuro marido que renuncie a herdar dela. Nada própria da fada Oriana!” [A propósito da alteração do CC sobre a condição de herdeiro legitimário.]
Helena Pereira de Melo

07-09-2018
In Público

“Quando as pessoas deixam de estar no centro, quando fazer dinheiro se torna no principal e único objectivo, estamos aquém da ética.”
Papa Francisco

In jornal italiano Il Sole 24 Ore

“A luta contra o terrorismo não isenta os beligerantes das suas obrigações perante a lei internacional.” [Sobre a Síria.]
António Guterres

11-09-2018
In Lusa

“Os deputados dependem mais dos chefes do que dos eleitores, e isso está errado. É importante que cada um tenha a sua voz. Os círculos uninominais vão mudar a forma como os partidos fazem as listas. Vão ter que escolher pessoas com prestígio pessoal e profissional no seu território.”
Ribeiro e Castro

12-09-2018
In Jornal de Notícias

"Tenho afirmado que a PGR é a pessoa com quem melhor me dou pensando de maneira diferente. Com efeito, há várias matérias com importância para a defesa dos direitos, liberdades e garantias do cidadão e que se cruzam com a atividade e função do MP que entendo exigirem alterações."
Guilherme Figueiredo

15-09-2018
In Expresso

“Sei que vem do direito da família e menores. Desejo, contudo, que se mantenham as boas relações institucionais sem prejuízo da forma como cada um vê a justiça" que "traga a mesma relação de discussão dos temas de forma frontal" [sobre a nova Procuradora-Geral da República]
Guilherme Figueiredo

20-09-2018
In eco.pt